O que deve ter em consideração antes de criar o seu projeto de ecommerce

Cada vez mais empresas pretendem lançar o seu projeto de ecommerce, no entanto, não possuem conhecimento interno para o fazer ou não conseguem identificar se o momento é o correto.

Pela nossa experiência, existem vários fatores que contribuem para que um projeto de vendas online seja um sucesso e consideramos que são esses os fatores a avaliar num processo de decisão de um projeto a este nível. [...]  Continuar a ler

Resumo da 1ª Conferência Tudo sobre eCommerce

A Universidade Católica do Porto recebeu no passado dia 5 de Maio a primeira Conferência Tudo sobre eCommerce, dedicada exclusivamente ao comércio eletrónico em Portugal e na Europa.

A equipa do TSE, em conjunto com os parceiros que apoiaram o evento e um grupo de voluntários, reuniram representantes de casos de sucesso na implementação de lojas online, entre os quais:  [...]  Continuar a ler

Evento de apresentação da Conferência Tudo sobre eCommerce

No passado dia 16 de março, organizámos um evento exclusivo que serviu de apresentação da Conferência Tudo sobre eCommerce.

Para esse evento convidámos alguns oradores, Ana Ribeiro, Ecommerce Manager da PROF Shoes, Ricardo Oliveira, Brand Manager da Lemon Jelly e Serafim Costa, Head of Ecommerce Projects da Redicom. [...]  Continuar a ler

Os 8 pontos chave na criação de um projeto de ecommerce [Infografia]

Dividimos a criação de projetos de ecommerce em 8 pontos-chave para que possa, de uma forma simples, definir os próximos passos do seu projeto de ecommerce ou avaliar o seu projeto atual.

  1. Produto: analise o seu mercado e avalie os seus custos totais antes de definir o preço do seu produto. Identifique os concorrentes e o preço que o seu cliente está disponível para pagar pelo seu produto. Defina igualmente a margem que pretende obter na venda dos produtos, antes de definir o preço final. Pode até testar diferentes preços com o seu público-alvo antes de colocar os produtos online à venda.
  2. Sistemas: avalie os sistemas internos da sua empresa e quais pretende integrar com a sua loja online. É importante verificar se pretende faturar online na plataforma de ecommerce ou no seu software de gestão e como pretende gerir produtos, preços e stocks. É fundamental definir quais os processos que pretende que sejam automatizados para evitar erro humano. Com sistemas integrados aumentamos o custo inicial do projeto mas reduzimos o erro e investimento em recursos humanos a curto prazo.
  3. Logística: defina a sua estrutura logística, tanto no que diz respeito ao armazenamento de produtos, como à separação, preparação e expedição dos mesmos ao seu cliente. Reflita sobre os documentos que deverão acompanhar as suas encomendas. Pense também na logística inversa dos produtos e o seu controlo de qualidade numa devolução.
  4. Transportes: encontre o parceiro certo, de acordo com a tipologia de entrega que pretende. Seja exigente com o serviço de entregas e de recolhas. Dê prioridade a um serviço de entregas de excelência – será assim que o cliente irá recordar a compra que efetuou.
  5. Métodos de pagamento: opte por métodos de pagamento mais utilizados nos países/mercados onde pretende efetuar as suas vendas. Procure o parceiro que lhe transmita maior confiança e o preço justo pelo serviço.
  6. Serviço ao cliente: o cliente irá entrar em contacto consigo e é fundamental esclarecer-lhe as suas dúvidas. Procure disponibilizar vários métodos de contacto e invista num atendimento disponível nas línguas dos seus clientes.
  7. Plataforma de ecommerce: depois de definir os pontos anteriores, defina o seu RFP (request for proposal) antes de escolher o ser parceiro tecnológico ou desenvolver internamente a sua loja online. Procure a plataforma de ecommerce que mais se ajuste às suas necessidades e volume de negócio esperado.
  8. Plano de Marketing Digital: será importante definir o orçamento disponível para investir na angariação, conversão e fidelização de clientes. Pela nossa experiência, deverá atribuir uma percentagem sobre o objetivo de faturação – entre 10% a 20% do seu objetivo de vendas. Não se esqueça de analisar o mercado, efetuar uma análise interna à sua empresa, efetuar a segmentação de clientes, definir o seu posicionamento e proposta única de valor (puv) antes de avançar para a estratégia. Os canais digitais são excelentes para alcançar o seu potencial cliente e converter em vendas – desde que utilizados corretamente.

Quer aprender mais sobre ecommerce? Conheça o nosso curso de lançamento de projetos de ecommerce. [...]  Continuar a ler

Caderno de encargos para ecommerce (parte II)

Na parte I deste artigo (Caderno de encargos para ecommerce parte I) abordamos os primeiros pontos que consideramos fundamentais para o desenvolvimento do seu RFP para ecommerce. Concluímos neste segundo artigo os restantes pontos dos quais necessita de refletir para desenvolver o seu caderno de encargos para ecommerce. [...]  Continuar a ler