Se ainda não se aventurou no mundo do vídeo online, está na altura de o fazer. O vídeo é o meio perfeito para promover a sua loja online, até porque o YouTube é o segundo maior motor de pesquisas do mundo, atrás apenas do Google, sendo popular em todas as faixas etárias. Seja qual for a faixa etária do seu público-alvo, conseguirá captar-lhe a atenção no YouTube.

Assistir a vídeos do YouTube nos ecrãs de TV está a tornar-se cada vez mais popular, apesar de 70% do tempo total de visualização de vídeos ser proveniente de dispositivos móveis. Visualize sempre várias vezes o seu vídeo no seu telemóvel, antes de o partilhar no YouTube.

Porque é o YouTube importante para ecommerce?

  • Reviews de produtos, how-tos (tutoriais) e vlogs estão entre os três tipos de vídeos que obtêm mais visualizações.
  • Desde 2017 que duplicou o tempo de visualização de vídeos sobre “qual produto comprar“.
  • Mais de 90% dos compradores descobriram uma marca ou produto através da plataforma YouTube.

Cerca de 96% dos portugueses com acesso à internet assiste a conteúdos de vídeo. É a rede social mais popular do país, superando o Facebook.

Antes de começar a criar os seus vídeos…

Para alinhar a sua comunicação em vídeo às expectativas da audiência que está presente nesta rede social, primeiro tem que conhecer as respostas à questão “porque é que as pessoas vêem vídeos no YouTube?” De acordo com a plataforma:

  • 53% para inspiração ou entretenimento
  • 70% para aprender
  • 70% procuram instruções
  • 68% para decidir o que comprar

Ou seja, mesmo estando a promover a sua loja online, a sua marcar, os seus produtos ou os seus serviços, faça tudo menos vídeos que se pareçam com anúncios. O utilizador não quer ver um anúncio, mas sim conteúdo interessante, que o ensine e o inspire!

Depois, existem mais três perguntas que deve responder antes de começar, estas relacionadas com o seu negócio e com os seus objetivos para os seus vídeos:

  1. Já tem alguns dados sobre se o produto ou serviço que vai apresentar no seu vídeo converte? Não há conteúdo, por melhor que seja, que promova um mau produto ou serviço, gere vendas e faça a sua loja online crescer e prosperar de forma sustentável. Comece sempre por garantir a qualidade do que deseja promover.
  2. Já analisou se as pessoas fazem pesquisas relacionadas com o produto ou serviço que quer promover? Analise os termos que as pessoas pesquisam, qual é o problema que desejam resolver, qual é a dificuldade que querem superar e dê as respostas no seu vídeo, apresentando o seu produto como a solução.
  3. Já sabe qual é o CTA que vai colocar no vídeo, isto é, já definiu claramente qual é a ação que deseja inspirar a audiência a fazer? Não se esqueça, foque-se em conseguir uma ação por vídeo. Avise a audiência que lhes vai pedir uma ação. Prepare-a para o seu CTA (apelo à ação). Faça o pedido de forma clara e observe como terá mais resultados.

1. Otimize os seus vídeos para maximizar o tempo de visualização

Comece por dar ao vídeo um título interessante e “provocador”. Após uma pesquisa no YouTube, o seu vídeo irá aparecer como um dos resultados. Garanta que o título capta o interesse do utilizador para que clique no seu vídeo.

Escreva uma descrição para o vídeo rica em palavras-chave do seu negócio (o YouTube é o segundo maior motor de pesquisas do mundo) e coloque também na descrição links relevantes para a sua loja online e para as suas redes sociais.

Desenhe uma miniatura (thumbnail) com uma imagem impactante (nunca enganadora) e um pequeno texto em cima resumindo o vídeo, três ou quatro palavras que façam com que o utilizador clique no vídeo para o visualizar.

colchoes purple teste ovo

Finalmente, na edição do vídeo, garanta que os primeiros segundos do vídeo captam de imediato a atenção, isto é, não desperdice os primeiros segundos do seu vídeo a mostrar o seu logotipo com música de fundo. Antes pelo contrário, anuncie logo o que é que vai mostrar na conclusão do seu vídeo, isto é, revele logo o final, e convide a audiência a assistir para verem como tudo acontece.

Também no campo da edição do vídeo, vá trocando de planos de forma ritmada. Mesmo que o plano incida sobre o mesmo objeto, o facto de ir trocando entre planos mais abertos e planos mais fechados irá trazer movimento e ritmo ao vídeo.

2. Crie conteúdo digno de ser partilhado

O YouTube é um motor de busca, mas é também uma rede social. Tem as funcionalidades de gostar do vídeo (e até de não gostar), de comentar e de partilhar, como tem o Facebook ou o Twitter. Por isso, tal como quando pensa em conteúdos para estas redes sociais, quando criar o seu vídeo, pense sempre o que levaria alguém a partilhá-lo.

Nós, utilizadores das mais variadas redes sociais, gostamos de partilhar conteúdos que apelam à curiosidade, ao choque, ao humor ou ao nosso amor por coisas fofinhas. Como vi numa conferência há muitos anos atrás e nunca mais me esqueci, nós partilhamos os LOL, os OMG e os WTF!

Por isso, comece por encontrar as áreas do seu negócio que possam despertar estas emoções. Apresente vídeos divertidos e informativos, que realmente beneficiam quem os visualiza, seja porque aprenderam algo novo, seja porque apenas sorriram. É assim que conseguirá criar lealdade à sua marca.

3. Dedique-se a fazer tutoriais para os seus produtos ou serviços

Acima dissemos que os tutoriais estão entre os três tipos de vídeos que obtêm mais visualizações no YouTube.

Por exemplo, quem lê os manuais de instruções dos produtos que compra? Precisamente. E com os seus tutoriais sobre os seus produtos, também já nenhum dos seus clientes precisa de ler.

Aprender a trabalhar com o seu produto pode ser apresentado de forma descomplicada e divertida, mas sempre educativa. Lembre-se: quanto mais as pessoas usarem o seu produto, ou souberem tirar o máximo partido do mesmo, ou ainda descobrirem funcionalidades que não conheciam, mais fãs vão ficar da sua marca, comprar outros produtos completares e recomendá-la a amigos e familiares.

4. Permaneça autêntico

As estrelas dos vídeos para promover a sua loja online devem ser os colaboradores da empresa, de todos os departamentos, incluindo os fundadores. Fale com todos e garanta a sua participação nos vídeos.

O facto de se notar que não são atores profissionais é mais do que aceitável. Pode até ser o que faz toda a diferença!

Dedique-se a identificar e organizar todo o conhecimento produzido pela empresa: fale com o departamento de vendas; fale com os seus funcionários mais antigos; fale com as pessoas que lidam diretamente com os clientes, fale com quem desenvolve os produtos, etc. Desta forma, irá inspirar-se e descobrir conteúdo relevante e que poderá colocar nos vídeos da sua loja online.

5. Atraia talento para trabalhar na sua loja online

blip women friendlyCom o poder do vídeo pode partilhar os benefícios de trabalhar na sua empresa. Muitas empresas produzem este tipo de vídeos, incluindo empresas portuguesas, como é o caso da Blip (que já o fez há 7 anos) e da Farfetch com o seu Farfetch Effect (que entretanto já não encontro online, mas que garantia que trabalhar na Farfetch era uma sensação equivalente a abraçar cachorrinhos, saltar em trampolins e cair numa piscina de algodão doce, tudo somado).

Claro que não tem de fazer uma “super produção” como estas. E lembre-se que as pessoas interessadas em trabalhar na sua loja online, também podem ser suas clientes!

Por isso, ao promover a sua empresa como um bom local para trabalhar, estará também a promover-se junto de potenciais clientes que valorizam e querem comprar em lojas online que sabem cuidar dos seus colaboradores.

6. Filme testemunhos dos seus clientes

Como já nos ouviu defender várias vezes, a melhor comunicação que pode fazer à sua loja online é partilhar testemunhos de clientes. Então se forem testemunhos em vídeo, será a cereja em cima do bolo.

testemunho pedro dias ceo piranha globalOs testemunhos de clientes são muito positivos, uma vez que ajudam a aumentar a credibilidade da empresa e a confiança de potenciais clientes na mesma. Visualizarmos o testemunho positivo em vídeo, vendo e ouvindo o cliente propriamente dito a elogiar a marca, o produto ou o serviço, é muito poderoso.

No entanto, filmar um vídeo não é tarefa fácil… Ofereça aos seus clientes um miminho especial em troca dos seus testemunhos.

Se a sua empresa fizer algum evento para o qual faça sentido convidar os melhores clientes (aniversário da empresa, serem os primeiros a ver a nova coleção, etc), aproveite esse momento para os cativar a filmar o seu testemunho em vídeo.

Em alternativa, e tendo em conta que estamos a atravessar um momento que requer distanciamento físico, convide os seus melhores clientes para uma videochamada onde também lhes apresente algo em primeira mão e em exclusivo e convide-os a filmar o seu testemunho à distância.

7. Responda em vídeo às questões que recebe no apoio ao cliente

O vídeo é o formato indicado para transmitir muita informação num curto espaço de tempo. Por esse motivo, usar o seu canal de YouTube para responder às perguntas frequentes que recebe no apoio ao cliente é um excelente aproveitamento de recursos.

Muitas vendas online não se concretizam porque os utilizadores não sabem como pagar, como redimir os códigos promocionais que têm com descontos, quais os métodos de pagamento que podem usar, etc.

Algumas vezes os utilizadores podem não querer abordar o apoio ao cliente com este tipo de questões, mas sabemos que são dúvidas frequentes. Podemos comprová-lo com o Hotjar, uma ferramenta que grava tudo o que os utilizadores fazem no nosso website.

Crie vídeos que respondam às FAQ do seu negócio online e envie-os por newsletter para os seus subscritores, para além de os colocar numa playlist no seu canal de YouTube.

8. Partilhe os highlights dos seus eventos

video resumo da conftse 2019O vídeo permite guardar (e partilhar sempre que desejar) os melhores momentos dos eventos que realizar na sua empresa.

Destaque os participantes, os oradores, os patrocinadores, o merchandising, o espaço, e use estes conteúdos para promover eventos futuros.

Este tipo de vídeos é útil não só para angariar participantes para o próximo evento que organizar, mas também para atrair oradores e parceiros.

Apesar de o exemplo que eu coloquei na imagem ser da nossa ConfTSE, claro que pode fazer eventos mais pequenos e mais privados com influenciadores e embaixadores da sua marca, e convidar um número reduzido de clientes para estarem também presentes.

No TSE também usamos este tipo de vídeo para comunicar os nossos cursos presenciais, seja no nosso blog, campanhas pagas ou em newsletters.

9. Aventure-se num Live no YouTube

Pode programar um Live no YouTube para dar novidades em 1ª mão aos seus seguidores. Anunciar um produto em exclusivo, e colocar logo o link para umas vendas privadas na descrição do vídeo.

Pode convidar um embaixador da sua marca a estar presente no Live e a anunciar o produto ou serviço consigo. Pode criar uma página para que os utilizadores se possam registar para assistir a este momento em exclusivo e, desta forma, criar uma base de dados, que depois irá receber um código promocional para comprar aquele produto ou serviço. A sua imaginação é o limite.

Passado um tempo, pode disponibilizar esse vídeo de forma pública no seu canal e com ele promover inscrições para um futuro lançamento via Live no YouTube.

10. Entreviste influenciadores e líderes de mercado no seu nicho

boom ladies nightQuem são os embaixadores da sua marca, ou os influenciadores mais próximos, que estão (verdadeiramente) entusiasmados com os seus produtos e se ajustam ao seu público-alvo?

Não estou a falar sobre grandes celebridades. Influenciadores do seu nicho serão até ser mais eficazes para comunicar a sua marca de forma genuína e informal.

Na imagem, o exemplo da Ladies Night promovida pela marca Boom! by Cindy Joseph, onde as embaixadoras da marca conversaram com a anfitriã (em baixo à direita) mais de uma hora sobre as suas dicas de maquilhagem e sobre o lançamento de um novo produto da marca.

11. Divirta a sua audiência

Os vídeos sobre a sua loja online, produtos ou serviços podem transmitir a sua mensagem com bastante informalidade. Podem ser vídeos surpreendentes, curiosos ou engraçados, que tiram partido do inesperado, mas que destacam sempre a qualidade do produto.

Ao serem surpreendentes serão difundidos pelos utilizadores através das suas redes sociais, chegando a uma audiência maior.

Recordo novamente o caso da Blendtec, que foi um caso de sucesso já há muitos anos atrás ao promover as suas liquidificadoras de uma forma completamente inesperada e surpreendente, mas comprovando sempre a qualidade do produto, com a rubrica “Will it blend?”. Se ainda não conhece este case study, veja este vídeo com quase 9 milhões de visualizações.


Sónia Costa
Sónia Costa

Social Media & Digital Marketing Consultant