Existem várias razões para que a sua empresa escreva um plano de negócios para ecommerce. Um plano de negócios:

– ajuda as empresas e os empreendedores a definir ou a esclarecer a sua estratégia;

– identificar potenciais obstáculos;

– decidir o que vai ser necessário em termos de recursos;

– avaliar a viabilidade do seu projecto de ecommerce;

– garantir o plano de crescimento a longo prazo.

Antes de começar a perder-se nas listas de tarefas infinitas que são necessárias para lançar um negócio ecommerce, comece por escrever um plano de negócios.

Podemos dizer que uma grande parte das empresas que começa a vender os seus produtos online o faz com base em uma “ilusão”, achando que vender produtos online é uma forma simples de ganhar dinheiro.

Para muitas destas empresas, a ilusão dura pouco tempo, porque o mais provável é que não consigam sobreviver nos próximos dois anos. E porquê? Porque não tiveram o cuidado de analisar os fatores externos que determinam a sobrevivência de uma empresa durante o tempo necessário para que esta se consiga consolidar no mercado em que está inserida.

Colocando a questão de uma outra forma, fracassam cedo demais porque não elaboraram um plano de negócios, uma ferramenta fundamental para todos aqueles que desejam criar um projecto de ecommerce de sucesso.

Além disso, esse documento é essencial para a captação de investimento ou até mesmo para garantir financiamento para o crescimento do seu projecto de ecommerce. Sabemos que nem todos os projectos de ecommerce são criados com um plano de negócios formal mas, mais cedo ou mais tarde, as empresas sentem a necessidade de voltar atrás, para pesquisar e analisar o mercado em que estão inseridas, tentando entender qual a melhor estratégia e táticas que podem utilizar para atingir o sucesso do seu negócio online.

O plano de negócios por norma é desenvolvido após o lançamento da loja online,  mas caso esteja a pensar em criar um projecto de ecommerce, comece pelo o plano de negócios. Este é o primeiro passo para garantir que o seu negócio online ou a sua ideia de negócio vai conseguir sobreviver nos próximos anos.

O que é um plano de negócios para ecommerce?

Um plano de negócios é um documento que descreve um negócio, os seus produtos, a sua viabilidade financeira, a sua estrutura organizacional, o modelo de operações e muitos outros detalhes essenciais ao desenvolvimento de um projecto de ecommerce. É considerada uma ferramenta de gestão, quase como um mapa da empresa. O documento não precisa de ser longo ou pomposo, mas sim assertivo, objetivo e relativamente flexível – passível de ser alterado sempre que for necessário, em função de alterações da estrutura da empresa.

Porque devo escrever um plano de negócios para ecommerce?

Os investidores confiam nos planos de negócios para avaliar a viabilidade de um negócio ou projecto de ecommerce antes de financiá-lo, e é por isso que os planos de negócios geralmente estão associados à obtenção de um empréstimo. Mas existem várias razões convincentes para considerar a elaboração de um plano de negócios, mesmo que a sua empresa não necessite de financiamento.

Conheça o nosso curso Lançamento de Projetos de Ecommerce e descubra a estratégia de marketing digital que adotamos nos nossos clientes. Veja já os nossos conteúdos gratuitos!

As cinco razões principais para escrever um plano de negócios para e-commerce:

1. Maior capacidade para planear o seu projeto online

Escrever o  plano de negócios para ecommerce vai ajudar a sua empresa a esclarecer a ideia de negócio e a conseguir entender como é que a sua organização vai ser estruturada e gerida do ponto de vista das operações a longo prazo, incluindo investimento e recursos humanos que são necessários para iniciar ou escalar o projecto de ecommerce.

2. Avaliar a ideia inicial ou reformular uma já existente

Caso a sua empresa tenha várias ideias para o seu projecto online, o plano de negócios básico vai permitir à sua empresa concentrar o tempo e a energia que são necessários nas ações que têm uma maior oportunidade de acrescentar valor ao negócio. Colocar as ideias no papel é uma excelente forma de organização e de reflexão. Não tome decisões com base em emoções, mas sim com base em ações racionais.

3. Melhor estratégia

Para elaborar um plano de negócios, a sua empresa precisa de pesquisar bastante sobre os seus potenciais clientes e concorrentes directos – estas informações vão ajudar a sua empresa a tomar melhores decisões estratégicas.

4. Ajuda na captação de talento

O plano de negócios também pode e deve ser utilizado como um ferramenta de comunicação para os processos de recrutamento. Quando uma empresa tem uma visão, missão e valores claramente definidos a confiança das pessoas  aumenta durante um processo de recrutamento, principalmente se estiver numa fase inicial do seu negócio online ou até mesmo numa fase de crescimento.

5. Maior probabilidade de desenvolvimento de parcerias comerciais

Caso a sua empresa necessite de desenvolver parcerias comerciais para aumentar a probabilidade de sucesso do seu projecto de ecommerce, este documento vai ajudar a sua empresa a identificar quais os potenciais parceiros estratégicos que fazem sentido para ajudar a sua empresa a alcançar o seu público-alvo, os seus objetivos e outros fatores que possam ser relevantes para o seu negócio online.

Qual a estrutura para criar um plano de negócios para um projecto de ecommerce?

A estrutura de um plano de negócios não é fixa, mas consideram-se geralmente os seguintes pontos para a sua criação:

– Sumário executivo;
– História da empresa;
– A Ideia e posicionamento no mercado;
– O Projeto/produto/serviço/ideia;
– Análise de mercado;
– Estratégia comercial;
– Projeções financeiras;
– Investimento;
– Gestão e controlo do negócio;
– Conclusões

Além disso, tenha alguns pontos em mente quando estiver a escrever o seu plano de negócio, como por exemplo:

  1. O público: a quem se destina este documento, mesmo que seja um documento interno de consulta é necessário que a linguagem esteja adaptada às pessoas que vão consultar a informação.
  2. Objetivos: o plano pode ser mais detalhado ou não de acordo com o seu objetivo e com o público que o vai consultar.
  3. Invista tempo em pesquisa: cada uma das sessões que fazem parte da estrutura do plano, necessitam de informações importantes que demoram tempo a incluir e dependem muitas das vezes de fontes de informações externas. É com essa informação, que vai conseguir entender qual o volume de negócio, quais são os seus concorrentes, os fatores externos socioeconómicos e entre outras informações relevantes para cada uma das sessões.

Esperemos que este artigo lhe tinha sido útil, agora que já percebeu a importância de criar um plano de negócios para ecommerce, e que já lhe demos uma estrutura pode começar por escrever o plano de negócios para o seu próximo projecto de ecommerce. Caso, tenha alguma dúvida não hesite em falar connosco.

Envie-nos um email para info@tsecommerce.com

Quer aprender mais sobre ecommerce? Conheça o nosso curso de lançamento de projetos de ecommerce:

Não perca nenhum conteúdo sobre como criar ou otimizar a sua loja online.

Subscreva a nossa newsletter:
http://eepurl.com/c0z2xb

Siga-nos nas redes sociais:
https://www.facebook.com/tudosecommerce
https://www.instagram.com/tudosobreecommerce
https://www.linkedin.com/company/tudo-sobre-ecommerce


Susana Santos
Susana Santos

Ecommerce & Digital Marketing Consultant