É muito provável que, além de vender produtos online, também tenha por hábito comprar através da internet. E, se estivermos certos em relação a isso, também saberá que, quando compra algo, cria instantaneamente uma certa expectativa em relação a isso. No mínimo, espera que a encomenda chegue bem embalada, protegida e em bom estado. E é quase certo que deseja que os seus produtos cheguem dentro do prazo de envio estipulado. Por fim, dependendo do que comprou, talvez acredite que poderá devolver o produto sem grandes dificuldades.

Vê? A partir do momento em que finaliza a sua compra, a entrega torna-se o foco central de todo o processo. Afinal, é ela que cumpre o objetivo final de qualquer compra de produtos online: fazer com que o consumidor receba aquilo pelo qual pagou.

Mas por aqui não nos cansamos de dizer aos nossos clientes e aos nossos leitores que cada entrega tem características únicas. Por isso, é muito difícil nomear este ou aquele como o melhor método de envio ou a melhor empresa de envios, sem olhar às variáveis de cada caso. Por isso neste artigo vamos falar (ou escrever) um pouco sobre essas variáveis, para que saiba qual é a melhor maneira de enviar as suas encomendas.

1. Melhor método de envio nacional

Se vende apenas dentro do seu próprio país tem a vantagem de poder contar com diversas empresas de transporte que trabalham em território nacional. Por outro lado, é muito comum que os seus clientes esperem que possa entregar os seus produtos em menos tempo – e isso vale especialmente para países com menor extensão de território.

Portanto, no caso de entregas nacionais, os principais pontos que deve de ter em atenção são: a estrutura logística interna da empresa de transporte e a existência de serviços express, com envio em até 24 ou 48 horas, por exemplo.

Outro ponto que pode ter em consideração é em relação aos serviços de pick-up e drop-off. O que é melhor para o seu caso? Juntar todas as encomendas e levar ao ponto de recolha mais próximo? Ou pedir que a empresa venha buscar a encomendas num dia e hora combinados previamente? Isso tudo deve ser tido em conta para que possa escolher a melhor empresa para os seus envios nacionais.

Nesse caso, empresas privadas consolidadas ou o próprio serviço postal nacional costumam responder muito bem às necessidades de envio.

2. Melhor método de envio internacional

Tem uma loja online que exporta produtos para outros países? Bem, não vamos dizer que não se deve preocupar com o prazo dos envios. Uma recente pesquisa da International Postal Comission mostra que 32% dos entrevistados acreditam que a rapidez nas entregas é a melhoria que elas mais esperam dos serviços de entrega cross-border. Mas, sejamos honestos, também não é realista esperar uma entrega em 24h desde Portugal até a Rússia, por exemplo. Ou seja, uma entrega entre 3 e 5 dias dentro da Europa ainda atinge tranquilamente a expectativa atual dos clientes.

Porém, é muito comum que, ao atravessar a fronteira, os produtos sejam transferidos da empresa de transporte que contratou, para uma empresa parceira. Com isso, o rastreio do pedido pode ser afetado. Afinal, cada empresa tem o seu próprio sistema track&trace, o que significa que estes não estão necessariamente integrados no sistema das companhias parceiras.

Portanto, no caso de envios internacionais, ganha muito se puder contratar uma empresa com operação internacional. Ainda é provável que a encomenda mude de unidade logística dentro da mesma empresa, mas pelo menos a possibilidade de os sistemas das unidades dos dois países serem integrados, ou pelo menos mais próximos, é muito maior.

3. Melhor método de envio para artigos de luxo

Para além das suas entregas serem nacionais ou internacionais, também existem outros fatores a serem considerados. Um deles diz respeito ao valor dos produtos que está a enviar. Isso porque as empresas de transporte possuem diferentes opções no que diz respeito ao seguro. E produtos mais caros, como relógios, roupas de marca, computadores e aparelhos eletrónicos precisam de opções mais completas de seguro. Assim, caso algo ocorra durante o transporte, não terá que arcar com o alto prejuízo que um computador danificado representa, por exemplo.

Além disso, não se surpreenda se os seus clientes desejarem entregas mais rápidas para este tipo de pedidos. Afinal de contas, ninguém cria muita expectativa quanto a digamos, um par de meias. Mas, o mesmo não pode ser dito a respeito de um telemóvel, por exemplo.

Há mais métodos de envio para lojas online que deve conhecer.

Conheça os restantes métodos de envio para lojas online no blog do nosso parceiro Shiptimize!

Este post foi escrito pelo nosso parceiro Shiptimize.

Sónia Costa
Sónia Costa

Social Media & Digital Marketing Consultant