Mesmo que nos acompanhe há algum tempo, possivelmente não se terá apercebido de que trabalhamos remotamente e a partir de casa desde 2017. Aquilo que para muitos tem sido um grande desafio nos últimos dias, trabalhar em casa, para a nossa equipa é algo que já experienciámos e ultrapassámos há bastante tempo.

Não é tarefa fácil mas, por outro lado, quando se habituar às vantagens do teletrabalho, possivelmente irá ter dificuldades em regressar à rotina casa-trânsito-escritório-trânsito-casa…

Dito isto, e com a perspetiva de tirarmos o máximo proveito do momento presente, acreditamos que faz todo o sentido partilharmos consigo as nossas melhores dicas para se manter produtivo a trabalhar a partir de casa.

Trabalhar em casa tem, de facto, algumas desvantagens

Por exemplo, fazem falta os nossos colegas de equipa, com quem estamos habituados a trocar ideias e a trabalhar em conjunto. Esta ausência também pode fazer com que sinta um pouco de solidão, como se estivesse a trabalhar sozinho, em frente a um ecrã. Mas não está, estamos todos no mesmo barco!

Trabalhar em casa também é complicado pois estamos sujeitos a várias tentações que nos roubam a atenção e nos fazem distrair do trabalho, sobretudo agora que (quase) todos temos outras pessoas em casa connosco. Para quem tem filhos pequenos, o desafio é ainda maior.

O teletrabalho pode também criar alguma distância entre as empresas e os seus clientes, o que exige de todos nós um esforço suplementar para mantermos um contacto próximo e regular, por exemplo, marcando mais reuniões online de ponto de situação ou acompanhamento dos projetos.

Finalmente, em termos de desvantagens, o trabalho a partir de casa requer que as empresas tenham uma uma equipa autónoma, capaz de trabalhar, de se organizar e motivar sozinha (o que sabemos não é o caso na maioria das empresas). É também mais importante do que nunca confiar nas pessoas que trabalham connosco. As empresas que não têm este tipo de dinâmica com as suas equipas, têm agora uma oportunidade única para se adaptarem e reinventarem.

Vamos focar-nos agora nas vantagens de trabalhar em casa que, acredite em nós, são muitas!

Pense nisto: não perde tempo algum no trânsito a tentar chegar aos escritório a horas, não se enerva com os outros condutores (ou com os atrasos dos transportes públicos) – reduzindo imenso os níveis de stress – e não gasta combustível (nem dinheiro em bilhetes/passe). Só aqui tem três vantagens dignas de nota!

Pode organizar o seu dia e gerir o seu tempo e o seu trabalho de forma muito mais autónoma e, dessa forma, tirar uma maior satisfação com o seu trabalho, pois sentir-se-á mais no comando da sua vida profissional.

Por incrível que pareça, trabalhar em casa vai torná-lo mais produtivo, pois vai trabalhar muitas mais horas do que indo para o escritório. E vai fazê-lo quase sem se aperceber. Só ao aproveitar todo o tempo que normalmente perde em deslocações e na hora de almoço, já vai ter um acréscimo na sua produtividade.

Trabalhar em casa é ainda trabalhar num escritório 100% personalizado àquilo que mais gosta, sem “guerrinhas” por causa do frio ou do calor, da luz, da janela, da porta, do barulho, ou do colega que ouve música demasiado alto.

O teletrabalho ajuda também a pôr fim às reuniões intermináveis e pouco produtivas. E transforma realmente muitas reuniões em emails.

Finalmente, no campo das vantagens, trabalhar a partir de casa vai permitir-lhe ser mais independente e mais organizado, ao mesmo tempo que lhe vai permitir aprender inúmeras coisas novas. Só pelo facto de ter de aprender a trabalhar com várias ferramentas que auxiliam o trabalho remoto, esta situação já fez de si um trabalhador com mais competências nas novas tecnologias.

Dicas da Vera para ser produtivo a trabalhar em casa

vera produtiva trabalhar casa

Ter um horário fixo para acordar, almoçar e terminar o dia de trabalho e evitar, sempre que possível, trabalhar ao fim de semana ou à noite depois do jantar. Como estamos em casa, às vezes os horários alargam-se um pouco, mas não podemos perder o controlo aos horários “normais” de um dia de trabalho.

Para isso, é importante organizar a agenda, seja em papel ou com uma ferramenta digital. Normalmente faço um plano semanal e vou revendo diariamente.

Levantar-se pelo menos de duas em duas horas para caminhar um pouco e fazer alongamentos, principalmente para a zona superior das costas. Praticar exercício físico diariamente, mesmo dentro de casa. Existem imensas apps e vídeos disponíveis online com exercícios para todos os gostos. No meu caso, que o posso fazer, uma caminhada diária no exterior ajuda a desanuviar a mente.

Manter o espaço onde estamos a trabalhar limpo e arrumado. Se possível, separado de outras zonas da casa, para garantir que não nos distraímos com arrumações a meio do dia…

Manter-se hidratado. Eu coloco uma garrafa de água ao meu lado e vou bebendo ao longo do dia. Isso faz com que me levante com mais frequência (para ir ao quarto de banho :D)

Dicas da Sónia para ser produtivo a trabalhar em casa

sónia a trabalhar em casaManter um horário laboral, isto é, acordar às 7h30, tomar o pequeno-almoço, vestir e começar a trabalhar, ou seja, não trabalhar de pijama e roupão, ou vestido de forma desleixada. Pode parecer que não, mas esse hábito poderá influenciar negativamente a sua disposição para trabalhar.

Escolher um local da casa para fazer de escritório, com mesa, cadeira, materiais de escritório, ou seja, não trabalhar no sofá nem na cama. Pode parecer divertido ao início, mas com o passar dos dias, a desorganização irá tomar conta de si. Não permita que isso aconteça.

Marcar reuniões via Skype, Google Meet ou Zoom para de manhã, que obriguem a cumprir os dois pontos anteriores. Se souber que tem de falar com os seus clientes de manhã cedo, vai sair da cama e arranjar-se como faria se fosse reunir presencialmente.

Colocar lembretes para tudo no calendário, isto é, defina e coloque todas as suas tarefas num calendário com lembretes. Desta forma, poderá estar sempre a acompanhar se está a cumprir com as tarefas que definiu para cada dia. Isto irá motivá-lo a manter um bom ritmo de trabalho.

Deixar claro que está a trabalhar. Pode parecer básico, mas trabalhar em casa dá a falsa sensação de que está mais disponível para fazer outras tarefas não relacionadas com o trabalho. Avise claramente quem está em casa consigo de que não deseja/pode ser interrompido no seu horário laboral.

Marcar diariamente reuniões online com os colegas da equipa, para continuar a trocar ideias, fazer brainstorming e sentir-se acompanhado no trabalho. Reuniões breves, de 15-20 minutos, que o ajudem a manter a equipa a par dos trabalhos que estão a ser desenvolvidos. Manter uma comunicação próxima com toda a equipa é muito importante.

Dicas do Nelson para ser produtivo a trabalhar em casa

Definir um espaço onde se vai trabalhar, tal como se num escritório fosse, e respeitar esse espaço de trabalho religiosamente, não tratando de assuntos pessoais nesse espaço de trabalho.

Ter um ritual de trabalho: iniciar o trabalho aproximadamente à mesma hora todos os dias; levantar e esticar as pernas de hora em hora; beber água ou chá frequentemente; de duas em duas horas é importante fazer uma pausa de três minutos pelo menos e fazer algo extremamente aborrecido como olhar através de uma janela e ver o céu ou regar uma planta para termos uma pausa mental de todo o trabalho intenso que estamos a fazer.

Usar auscultadores para isolar as distrações sonoras exteriores.

Não abrir redes sociais durante o trabalho (a não ser que faça parte do trabalho).

Obter (ou ouvir no YouTube) uma banda sonora de jogos (sim, jogos). Este tipo de bandas sonoras dos jogos são extremamente longas e são criadas para nos manter ativos mentalmente enquanto estamos sentados durante horas. São uma ótima ajuda para trabalhar.

Planear o trabalho numa ferramenta digital (calendário) ou num caderno ou agenda.

Anotar tudo (mesmo tudo) o que é necessário fazer. Pode ser uma ferramenta como o Evernote ou algo simples como um ficheiro de texto ou um Word.

Dicas da Bárbara para ser produtivo a trabalhar em casa

barbara trabalhar em casaTrabalhar em locais com boa luz natural! Há quem defenda que devemos ter um local fixo em casa para trabalharmos… eu não concordo. Uma vantagem de trabalhar em casa é poder quebrar a monotonia, hoje trabalhar no escritório, amanhã na sala de jantar, depois no jardim… tudo menos no quarto!

Definir todos os dias a agenda para o dia seguinte. O ideal é trabalharmos em modo block scheduling, isto é, criar blocos de tempo no nosso dia para determinadas tarefas, incluindo o bloco de almoço e pausas de lanche.

Ter boas ferramentas de comunicação e gestão! É super importante estarmos alinhados com os nossos colegas e clientes. Nós usamos o Asana para gestão de tarefas, o Slack para chat entre a equipa e o Everhour para registarmos os tempos.

Ter dois ambientes de trabalho diferentes no computador. Se o computador de trabalho e o computador pessoal forem o mesmo, devemos ter dois ambientes de trabalho distintos. Quando estamos sozinhos em casa pode ser tentador andarmos a saltar entre tabs no Chrome de assuntos profissionais e pessoais. Se tiver dois ambientes de trabalho, sempre que entrar no seu ambiente de trabalho profissional, vai estar em full work mode e assim mais focado no trabalho que tem para fazer.

Dicas do Antoine para ser produtivo a trabalhar em casa

Antoine trabalhar em casaDesligar as notificações do telemóvel. As distrações com as notificações dos dispositivos móveis (e também do computador) foram uma das minhas principais dificuldades quando comecei a trabalhar em casa.

Criar uma checklist e definir quais são as tarefas mais urgentes e menos urgentes. Fazer um plano de trabalho semanal com base nessas tarefas e dedicar um tempo específico para cada uma e colocar uma data de conclusão. Ao trabalhar em casa, perdemos o controlo do horário e tarefas a cumprir – o que reduz a motivação e a concentração.

Estar sempre a beber água. Tenho na minha mesa uma garrafa ou um copo com água e passo o dia a beber.

Distinguir bem o local de trabalho dos locais de lazer. No meu caso, criei um espaço de trabalho na sala, e quando estou nesse espaço sei que estou “no escritório”. Sei eu e sabem as outras pessoas que estão comigo em casa, o que é importante para não me estarem a interromper.

Ir fazendo pausas ao longo do dia: para lanchar, para alongar, para meditar ou para fazer um exercício físico rápido.

Agora é a sua vez

Já está a trabalhar em casa? Quais são as suas dicas para se manter produtivo? Partilhe-as connosco e com toda a comunidade TSE!


Sónia Costa
Sónia Costa

Social Media & Digital Marketing Consultant