O Pinterest é das ferramentas mais interessantes para os negócios online, além do Facebook ou Instagram. Esta rede social em particular atua como uma espécie de “motor de busca” onde o seu cliente vai começar a sua jornada do consumidor. Esta é uma ferramenta essencialmente de pesquisa e inspiração. Assim sendo, a grande maioria dos negócios online vai beneficiar da presença nesta rede social para brand awareness e tráfego.

Tome nota que, no entanto, esta é uma rede social que exige dedicação de tempo diária e produção de conteúdos constante. Se o seu negócio não está ainda preparado com estes dois requisitos então é preferível que não abra a conta para já.

Sabia que o Pinterest tem cerca de 150 milhões de utilizadores ativos e cerca de 2 biliões de pesquisas por mês?

Contudo, o Pinterest é uma rede social que, definitivamente, tem mais adesão em alguns mercados do que noutros e, sem dúvida, faz mais sentido para alguns setores do que outros. Assim, tome em atenção as seguintes informações para decidir se a sua marca e loja online devem ou não estar presentes no Pinterest:

  1. Cerca de 80% dos utilizadores do Pinterest são mulheres;
  2. Os millennials usam esta rede tanto como usam o Instagram;
  3. Os EUA é o país com mais utilizadores ativos;
  4. Cerca de 50% dos utilizadores são internacionais (fora dos EUA);
  5. A audiência do Pinterest tem mais habilitações e mais rendimentos (em média) do que as outras redes;
  6. 85% das pesquisas são feitas em mobile;
  7. Para mais estatísticas, leia este artigo da sproutsocial: 15 Pinterest Statistics Every Marketer Should Know in 2018

Para o ajudar a começar ou otimizar a sua conta no Pinterest, deixamos-lhe a seguinte lista de boas práticas a seguir:

Detalhe toda a informação sobre o negócio

A melhor forma de entrar “com o pé direito” nesta rede é preencher o máximo de informação acerca do seu negócio. Isto inclui propostas de valor, o logótipo da empresa, etc. Use informação clara e facilmente reconhecível com a sua loja online. Complete todos os passos na criação do business profile: tipo de negócio, localização, verificação do site, adição de redes sociais, etc. Completar todo o perfil é muito importante em termos de SEO e ajuda-o a parecer mais profissional.

Não use uma conta pessoal

Este é um erro comum quando estamos a criar uma conta no Pinterest pela primeira vez. Certifique-se que está a criar uma Business Page, deste modo poderá usufruir do analytics do Pinterest.

Mantenha as notificações ligadas

Nas definições da sua conta, pode ativar as notificações. Desta forma, será notificado quando alguém interagir com os seus pins e não vai perder a oportunidade de responder a um comentário ou ver os Pins mais populares.

Siga contas da concorrência

Seguir as contas da concorrência vai mantê-lo sempre atento ao que os seus clientes estão a guardar (Pin) no Pinterest e quais são as tendências no seu setor.

Não deixe que os seus gostos pessoais o influenciem

Este é um ponto que raramente é conseguido por parte do gestor da conta num negócio. É importante, de facto, não confundir aquilo que são gostos pessoais com aquilo que é o look e feel da empresa. Reflita sempre se os seus clientes estariam interessados no Pin que está a pensar criar ou guardar.

Não crie ou guarde conteúdos “fracos”

Evite guardar ou criar Pins com imagens demasiado pequenas, com pouca qualidade ou mesmo demasiado grandes.

Use a extensão do Pinterest no seu browser

A extensão “Pin it” do Pinterest permite-lhe adicionar um Pin diretamente de qualquer website. Ao clicar no botão da extensão vai-lhe aparecer um pop-up com ligação direta ao seu Pinterest, onde poderá escolher a Board e guardar diretamente.

Desligue a opção “Search Privacy”

Nas definições da conta, existe a opção “Search Privacy”, a qual pode ligar ou desligar. Quando desligada isto permite que que as suas Boards e Perfil apareça nos motores de busca. Assim sendo, é muito importante que mantenha a opção desativada para que possa aparecer nas pesquisas dos seus clientes.

Não guarde ou crie muitos Pins num dia só

Adicionar muitos Pins seguidos às suas Boards só vai sobrecarregar e confundir os seus seguidores. Uma boa prática é fazer cerca de 5 a 10 Pins por dia.

Defina a Categoria em cada uma das suas Boards

É importante que, cada vez que cria um Board, definir a Categoria em que a mesma está inserida. Isto é importante, mais uma vez, em termos de pesquisa. De igual modo, preencha toda a informação sobre a board que lhe é pedida, incluindo a  descrição da mesma.

Adicione sempre um link e uma descrição aos seus pins

Pode escrever até 500 caracteres na descrição do seu Pin, por isso use bem este espaço para colocar um copy relevante e apelativo. Use keywords relacionadas com o seu produto e a sua marca, bem como termos que as pessoas pesquisariam para chegar até ao seu Pin. Coloque sempre o link para o seu website, as suas redes sociais ou até mesmo o seu blog, para gerar mais tráfego. O Pinterest é uma ótima ferramenta de SEO, tire partido dela.

Configure Rich Pins

Rich Pins é um termo usado pelo Pinterest para definir Pins dinâmicos. Configurar Rich Pins vai permitir que o seu Pin altere o preço dos seus produtos no Pin automaticamente e pode mesmo alertar o utilizador quando o preço descer. Saiba como configurar Rich Pins.

Não use Hashtags

O Pinterest vai procurar keywords e termos relacionados sempre que alguém faz uma pesquisa. Assim , o uso de hashtags nas descrições é desnecessário.

Varie o tipo de Pins

É importante manter um balanço entre Pins próprios (criados por si ou através do website) e a curadoria. Não crie Pins só do seu blog ou website, nem guarde só Pins de outros. Vá variando o tipo de conteúdos e mantenha os seus utilizadores interessados.

Partilhe o Pinterest com a sua audiência

Use as suas outras redes sociais para partilhar a sua conta no Pinterest. Não se esqueça de incluir também o logo do Pinterest no seu site juntamente com as outras redes, para que os seus clientes tomem conhecimento.

Crie várias Boards

Um erro comum é querer incluir tudo numa Board só. Pode e deve querer diversificar e categorizar. Crie várias Boards para falar de vários temas, explorar diferentes temáticas, inspirações, estações e mesmo coleções.

Use o Pinterest Analytics

Se não consultar o analytics não vai saber se os seus esforços estão a trazer resultados. Analise os seus KPI pelo menos 2 vezes por mês.

Não negligencie o B2B

É um erro muito comum pensar-se que o Pinterest não é para os negócios de B2B (Business-to-business). Se a sua empresa também vende em B2B (ou só vende em B2B) existem inúmeras formas de dinamizar o seu Pinterest para atingir esta audiência. O Pinterest é um excelente canal para contar mais acerca do seu negócio, informações relevantes, notícias ou mesmo dicas para os seus clientes.

Quer aprender mais sobre ecommerce? Conheça o nosso curso de lançamento de projetos de ecommerce:

Não perca nenhum conteúdo sobre como criar ou otimizar a sua loja online.

Subscreva a nossa newsletter:
http://eepurl.com/c0z2xb

Siga-nos nas redes sociais:
https://www.facebook.com/tudosecommerce
https://www.instagram.com/tudosobreecommerce
https://www.linkedin.com/company/tudo-sobre-ecommerce